Peter Drucker: Uma jornada intelectual

Resumo da Obra

O filme apresenta uma biografia breve de Peter Ferdinand Drucker e depoimentos de pessoas muito importantes ligadas diretamente à gestão de grandes corporações e do próprio Drucker, chamado de “Pai da Gestão Moderna.”

Peter Ferdinand Drucker nasceu em Viena, Áustria, em 1909. Filho de intelectuais, ele teve uma educação ampla e abrangente sobre arte, história, filosofia e idiomas, alguém que no filme parece ser o biografo de Peter Drucker, aponta esse tipo de educação e a vida social de seus pais como fatores que proporcionaram a Drucker uma capacidade inata e inigualável de ver fatos, compreender situações e conectar idéias, mesmo as mais díspares. Ao mudar-se para Hamburgo, Alemanha, trabalhou em uma companhia exportadora, depois foi para Frankfurt, lá entrou para a universidade e começou a trabalhar como jornalista, onde cobria fatos internacionais e econômicos. Após Hitler se tornar chanceler alemão, Drucker mudou-se para Londres e começou a trabalhar como analista em um banco de investimento. Em 1937, após seu casamento, Drucker foi para os Estados Unidos, viajar pelo país e escrever matérias sobre os Estados Unidos para um grupo de jornais britânicos.

Nos Estados Unidos, em 1939, ele publicou seu primeiro livro: O fim do homem econômico; livro que falava sobre totalitarismo e poder centralizado algo que Drucker repugnava. Foi, então, nos anos 1940, que ele se tornou professor. Após seu segundo livro: O futuro do homem industrial, livro que abordava a corporação como uma nova forma de comunidade, ele foi convidado pela General Motors para realizar um estudo interno de como ela operava. O estudo permitiu a Drucker conceber o inovador: O conceito da organização, que descrevia negócio como uma atividade organizada e não simploriamente, como até então, o ato de comprar barato e vender caro. No livro, Drucker apontava management (gestão) como a aplicação da mente no trabalho. O livro se tornou um best-seller, isso fez com que várias empresas contratassem Drucker como consultor, tal experiência permitiu-lhe escrever seu livro mais famoso: A prática da gestão, no livro a gestão não é tratada como arte ou ciência e sim como uma prática que prioriza o ser humano, que deve ser bem tratado. E isso é sua definição de gestão (management) conseguir o melhor das pessoas, que não são custos, segundo ele, mas sim recursos para que as corporações atinjam seus resultados, que não é apenas atender as necessidades e desejos daqueles que fazem parte da organização, mas sim de seus clientes. Segundo o próprio Drucker, sua maior influência não foi exercida na América, e sim no Japão, lugar onde a idéia de uma corporação que seja o centro da comunidade foi realmente internalizada.

Um ponto importante citado pelos depoentes neste filme é o fato de Peter Drucker estabelecer que o cliente é muito importante, mas assim o é o mundo no qual o cliente está inserido. Conforme os depoimentos, podemos ver que Drucker, que se define um escritor, é um visionário, provado pelo fato que ele, em 1969, já prestidigitava que o conhecimento seria o recurso chave, e não mais o capital. Os depoimentos também atestam que Drucker é um homem que não tem medo do que é simples, ele não mostra nenhum fascínio pela complexidade. Há depoimentos onde se afirma que um dos pontos mais fortes de Drucker é sua capacidade de conseguir relacionar a visão e a missão da empresa com suas atividades diárias.

peter_drucker_21

Após crises enfrentadas pelas grandes corporações nas décadas de 80 e 90, Peter Drucker, decepcionado por decisões, por ele consideradas idiotas, tomadas pelos executivos daquelas organizações, voltou-se para a gestão de organizações sem fins lucrativos. O que reforçou sua visão de que pessoas são o grande patrimônio de uma organização. Creio que sua frase: “Creio que a sociedade será mais importante que a economia”; sintetiza a visão de um homem que não parou no tempo nem se agarrou a idéias fixas, mas manteve-se ativo, lúcido e disposto a vivenciar o novo.

Conclusões do resenhista

O filme descreveu muito bem a vida e obra de Peter Drucker. Ele se denominava um escritor, alguém que nunca participava do mundo corporativo, mas o observa com muita clareza e com a colaboração daqueles que o contratavam como consultor ou o tinham como professor. Já os depoentes o consideram muito mais do que isso, eles o apontam como um homem que não se conformava com que já estava estabelecido, ele estudava continuamente, ele fazia com que os outros buscassem além das respostas as perguntas mais apropriadas a sua situação. Um homem que não procurava a complexidade das coisas, mas a solução, a pergunta ou a resposta mais simples, pois ele não tinha medo do que é simples, desde que fosse eficiente. Em minha opinião, Drucker foi fantástico pelo seu poder de síntese, essa busca pelo simples, pelo cerne da questão, que é tão importante quanto a resposta; e pela capacidade de prever o que estava por vir.

Crítica do resenhista

Eu gostei do filme pelo que este apresenta. Para mim, algo que mostra a obra de alguém com a importância de Peter Drucker sempre agrega algo de valor a quem quer se tornar um gerente (manager) de fato e não apenas de direito. O único aspecto negativo no filme foi a falta de legendas indicando quem estava falando, alguns foram citados pela narradora, mas nem todos. Isso deixou lacunas, pois sabemos que eram pessoas importantes, mas não sabemos quem eram.

Indicações do resenhista

Certamente indico este filme a todos que de uma maneira ou outra estejam envolvidos com administração e gestão.

Credenciais do autora

Karina Barcelos, 27, Tegnóloga em Marketing, trabalhou dez anos em atendimento ao público, hoje, como recepcionista na Auxiliadora Predial – P. Alegre – Wenceslau Escobar. Futura Gerente de Marketing.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s