A mancha da devastação

Milhões de litros de petróleo se espalham pelo Golfo do México após a explosão de uma plataforma.

Nas últimas três semanas, uma enorme mancha de petróleo vem se espalhando pelo Golfo do México, uma reentrância do Atlântico que banha cinco estados americanos, além do país que lhe dá o nome. O borrão tenebroso é resultado da explosão da plataforma petrolífera Deepwater Horizon, […] fincada a 60 quilômetros da costa da Louisiana. Desde então, o petróleo não para de vazar pelas rachaduras abertas nas tubulações da plataforma, localizadas a 1,5 quilômetro no leito do oceano. Até agora, todos os esforços feitos para conter o vazamento tiveram pouco resultado. Caso ele prossiga, teme-se a repetição de catástrofes como a causada pelo navio Exxon Valdez, no Alasca, em 1989, com consequências econômicas e ambientais. O Golfo do México concentra intensa atividade nas áreas de pesca e turismo. A pesca já foi proibida na área em torno do vazamento. Na quinta-feira passada, o petróleo chegou às regiões costeiras da Louisiana. Há o temor de que ele alcance as praias da Flórida. A mortandade de pássaros, contaminados pelo óleo, já começou. O vazamento do golfo deve também determinar uma revisão nas leis que regem a exploração de petróleo em águas profundas. No mês passado, o presidente americano Barack Obama deu sinal verde para as empresas petrolíferas expandirem esse tipo de exploração. Mas as regras de segurança, avaliam os analistas, devem ficar mais severas.

 

Fonte: Veja.com

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s