O Haiti não é aqui.

Uma vez meu irmão me questionou: quem é o predador do homem? No momento pensei em um animal já extinto, o dinassouro. Mas na verdade é o próprio homem. Porém a natureza tem sido o maior predador dos últimos tempos, percebi conforme as consecutivas tragédias causadas por ela.

 A ajuda vem ganhando força para o Haiti, logo a esperança surge. E penso: e as doenças causadas pelos corpos expostos e as epidemias? Numa situação de transtorno, as pessoas se sentem anestesiadas. E ficam numa situação mínima de humanidade. O Haiti já era um país sem condições humanas, e vejo as notícias nos telejornais e revistas a respeito e logo penso: o Haiti não é aqui.

 
 

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s